quarta-feira, 15 de março de 2017

Kit básico de maquiagem

Oiê!
Já me perguntaram diversas vezes por onde começar a montar um kit básico de maquiagem. Se você olhar os tutoriais mais atuais, são milhares de produtos, pinceis, acessórios...Essas maquiagens muito elaboradas acabam desanimando quem quer começar. Montei uma lista de itens básicos para uma prima e achei que valia a pena compartilhar. 

Comecei a fazer maquiagens melhores usando pinceis melhores (e sem gastar muito)! Já contei isso em algum post antigo. Meus primeiros pincéis bons foram os da Macrilan, gostei tanto que acabei só comprando da marca (Macrilan, me patrocina!) por um bom tempo. A prova de que eles são meus favoritos é que eles sempre aparecem nos tutoriais – pode conferir!

Para a preparação da pele, eu recomendo:
- Kabuki Reto: É aquele pincem bem cheio e com a base reta, é perfeito para espalhar a base e esfumar. Uso com movimentos circulares e dá um acabamento lindo e natural na pele.
Sugestão: Eco-8 da Macrilan.

- Esponja em forma de gota: Nos últimos anos esse tipo de esponja ganhou destaque. Normalmente são esponjas de látex bem macias e servem para aplicar a base e o corretivo (produtos líquidos e cremosos no geral) com batidinhas. Dá um pouco mais de cobertura e a esponja deve estar molhada para não absorver a base/corretivo.
Sugestão: Tem a da Ricca e a da Belliz – o meu é de uma marca qualquer, mas comprei fora.

- Kabuki cônico pequeno: Esse modelo é menor e tem a ponta cônica, mas é tão denso quanto um kabuki reto. É o meu favorito para aplicar o corretivo, ele encaixa bem abaixo dos olhos. Lembrando que o corretivo deve ser aplicado com batidinhas, mesmo com o pincel. Também uso ele para selar o corretivo com o pó, é bem prático.
Sugestão: DR-3 da Macrilan.

- Língua de gato: Esse é o pincel tradicional de corretivo e sua versão maior serve para passar base (não curto porque acho que demora muito e marca as cerdas). É bom para aplicar o corretivo com batidinhas, é durinho e preciso. Também é bom para fazer correções do delineado e do batom escuro. Confesso que uso pouquíssimo.
Sugestão: W-106 da Macrilan.

*Dá para usar os dedos para passar base e corretivo? Sim! Mas eu acho que faz muita meleca e o acabamento fica mais grosso. Para quem tem pele oleosa não é recomendado porque pode aumentar a oleosidade.*

- Pincel gordinho: São bem grandes e macios, perfeitos para aplicar o pó e esfumar, ajuda a não deixar o visual pesado.
Sugestão: B-101 da Macrilan.

- Pincel gordinho chanfrado: Esse tipo de pincel é menor do que o de pó e o corte chanfrado facilita para fazer o contorno. Serve para aplicar bronzer, blush e iluminador. Da para ter um pincel para os três produtos? Dá, mas saiba que o ideal é ter um para cada produto, ou pelo menos um exclusivo para o iluminador. Outra opção é usar um pincel gordinho menor.
Sugestão: Eco-2 da Macrilan. 

Para fazer um olhão:
- Pincel de esponjinha: Gosto muito dos de látex, são baratos e práticos. Eles servem para aplicar a sombra na pálpebra. Pode aplicar espalhando ou com batidinhas, sendo que do segundo jeito a sombra fica mais pigmentada.
Sugestão: Qualquer marca, mas a esponja deve ser de látex.

- Pincel achatado pequeno firme (1): É um pouco mais gordinho do que o língua de gato e tem a mesma função do pincel de esponjinha. Acho mais fácil de higienizar e é mais difícil de perder.
Sugestão: Eco-4 da Macrilan.

- Pincel gordinho para esfumar (4): Os de tamanho médio são ideais para fazer o côncavo, o canto externo e até esfumar o olho todo. Tá sempre nos tutoriais! Ah, não pode ser nem muito duro e nem muito molenga.
Sugestão: Eco-15 da Macrilan.

- Pincel achatado longo para esfumar (2): Esse é o pincel da vida! Com ele consigo aplicar sombra, esfumar canto externo, côncavo e rente aos cílios inferiores. De longe é o meu favorito e já mostrei várias vezes aqui no blog. Se você só pode comprar um pincel de olho, esse modelo é a escolha perfeita!
Sugestão: B-906 da Macrilan.

- Pincel achatado curto para esfumar (3): Similiar ao anterior, a versão de cerdas curtas é bom para esfumar rente aos cílios, superiores e inferiores. É um pouco mais firme, sem perder a maciez.
Sugestão: B-124 da Macrilan.

- Pincel de precisão (5): É um pincel bem pequeno e fino para fazer detalhes. Serve para iluminar o canto interno, delinear e marcar rente aos cílios.  
Sugestão: W-113 da Macrilan.

Todos estes pincéis são unitários, mas dá para comprar alguns dos kits da Macrilan que vem completinho. A vantagem dos unitários é que dá para comprar aos poucos, sem pesar no bolso. Outro kit pequeno que eu recomendo é o da Intense, com ele já dá para começar a criar algumas maquiagens legais.

Não coloquei o pincel para delineador em gel. Acho que para um kit básico, vale a pena comprar um delineador que já venha com o aplicador, ou a versão líquida ou em caneta. Para delineador em gel são legais os pinceis mais finos e o chanfrado ajuda a fazer o gatinho.

Não é só com pincel que se monta um kit de maquiagem. Precisamos dos produtos!

- Base: mate para peles oleosas, hidratantes para peles secas – quanto mais seca ou madura for a pele, mais a base mate vai marcar e envelhecer. É melhor ter uma base legal do que comprar um BB Cream, assim você tem cobertura quando precisa e se quiser menos você pode diluir a base em algum hidratante facial.
- Corretivo da cor exata da pele: Mesma coisa da base, corretivos mais secos vão marcar as linhas.
- Blush
- Bronzer ou pó mais escuro que o tom da pele
- Pó compacto ou pó translúcido: Bom para selar a maquiagem, normalmente uso apenas por cima do corretivo. Quanto mais fino for o pó, melhor o acabamento.
- Iluminador
- Sombras opacas neutras: preta, bege, marrom – é legal ter uma com um tom um pouquinho mais escuro que a pele para ajudar a fazer transições
- Sombras cintilantes e coloridas: As palettes de sombras 3Dda Jamyne e Fenzza são perfeitas e não são caras.
- Máscara de cílios: pelo menos uma, do acabamento que você quiser.
- Delineador: É verdade que o delineador em gel é mais fácil, mas o líquido ou o em caneta são mais práticos pois não precisam de pincel extra. Outra dica é escolher um delineador marrom s você não curte o olho muito marcado
- Lápis preto macio
- Lápis de sobrancelha (normalmente são marrons-acinzentados)
- Fita microporo (a de curativo mesmo, mas tem que ser microporo para não soltar cola)
- Batons do acabamento que você preferir (pelo menos um nude e um colorido)


Com esses itens eu te garanto que você consegue reproduzir 99% dos tutoriais que eu já postei e vai poder criar um monte de maquiagens. Eu te garanto! Não dei muita sugestão dos produtos porque eu acho mais pessoal e o que funciona em mim, pode não funcionar em você. É só entrar em alguma perfumaria que você encontrar Dailus, Vult, Fenzza, Tracta, Payot...são marcas muito boas. E se você não pode comprar tudo isso, vai escolhendo aos poucos. Você gostaria de marcar os olhos? Opte pelos itens de olho. Quer corrigir imperfeições? Dê preferência aos itens de pele...e assim por diante!

Espero ter te ajudado a montar um kit basicão de maquiagem! Qualquer dúvida, é só deixar um comentário.

Para você, existe mais algum item essencial?

Até mais!

terça-feira, 14 de março de 2017

Estante: O Adulto, Gillian Flynn

Oiê!
Continuo dentro da minha meta de um livro por ano, já estou no quinto livro. Hoje vou falar um pouquinho sobre o livro “O Adulto” de Gillian Flynn, que foi o segundo que li esse ano. Para começo de conversa, O Adulto é um conto, são apenas 64 páginas que não me convencera muito. Comprei a versão para kindle sem prestar muita atenção, escolhi por causa da autora e me decepcionei.

O conto é sobre uma moça que trabalhava como vidente. Ela sabia “ler” as pessoas e dizia exatamente o que o outro queria ouvir. Sim, ela não era vidente de verdade, apenas enrolava as pessoas para que elas contasse sobre suas vidas e, assim conseguir “ver o futuro”. Um dia uma mulher rica cruza o caminho da falsa vidente e pede que ela lhe ajude, pois sua casa estava assombrada e como a vidente tinha acertado a previsão anterior, achou que ela poderia ajudar de novo.

O conto de suspense/terror até me prendeu por boa parte, ele consegue te confundir, apresenta personagens estranhos, mas o final decepciona. Tipo, terminei o livro e fiquei sem reação. Já é o quarto livro da autora que eu leio e continua gostando mais do primeiro. Os outros não me envolveram e fiquei com a sensação de que os mais novos perderam um pouco da qualidade. Talvez o sucesso do Garota Exemplar tenha levado a autora a fechar algum contrato com a editora determinando o número de livros que deveriam sem lançados.

O Adulto não é de todo ruim, gosto do jeito que a Gillian escreve, mas a personagem principal não me conquistou e o final é meio blé. O final me surpreendeu? Sim!  A reviravolta do livro é interessante, mas no todo o livro não me agradou.

Você chegou a ler O Adulto?  E os outros da autora?

Até mais!

segunda-feira, 13 de março de 2017

Resenha: Lápis de olhos esfumador - pretaço (Quem disse, Berenice?)

Oiê!
Se tem um item que não pode faltar na nossa nécessaire é um bom lápis preto. Eu prefiro os mais macios, pois os acho mais versáteis. Quando eu estava me sentindo órfã de lápis bom, a Quem disse, Berenice? lançou um novo lápis que fez meus olhinhos brilharem!

Sobre o lápis: ”sabe aquele olhão esfumado que a gente adora? então, com o lápis esfumador você faz um look lindo super rápido e é bem facinho! ele tem uma textura macia, a cor é super preta (com alta cobertura!) e ainda tem uma esponjinha na ponta pra te ajudar! demais, né?

O lápis está à venda nas lojas físicas e no site por R$29,90 e só tem a cor pretaço.

Ingredientes: caprylic/capric triglyceride; ci 77499; ricinus communis seed oil; cera microcristallina; hydrogenated coco-glycerides; cera alba; ci 77266; methyl methacrylate crosspolymer; copernicia cerifera cera; butyrospermum parkii butter; caprylyl glycol; pentaerythrityl tetra-di-t-butyl hydroxyhydrocinnamate
Não tem muito o que falar sobre a embalagem, é um lápis! O corpo é todo preto, com o nome da cor e da marca em branco. As tampas são transparentes. O lápis esfumador vem com uma esponjinha rígida e macia do outro lado para esfumar.

O lápis é bem macio, desliza na pele com facilidade e entrega bastante cor. Fiz um pequeno teste para mostrar a intensidade da cor, primeiro passei o lápis bem leve, mal encostando na pele, depois coloquei um pouco mais de força e a intensidade aumentou, por fim passei o lápis três vezes com a força normal e aí o preto fica bem forte. Por ser bem macio, o lápis esfuma muito fácil e não clareia tanto. Gosto bastante para passar rente aos cílios e esfumar com a própria esponja, que por sinal é boa e cumpre a função perfeitamente.
A duração é boa, a cor fica o dia inteiro na pálpebra e boas horas na linha d’água. Quando fiz o swatch na mão, os traços saíram depois de esfregar um pouco a toalha. O lápis demora para secar e é interessante passar sombra preta rente aos cílios inferiores para não escorrer. Não senti a mesma necessidade na pálpebra superior – comigo não carimbou. Para remover, depois de várias horas, ele dá um pouquinho de trabalho, mas não preciso recorrer ao demaquilante bifásico.

No final, achei o lápis muito bom e vale o preço. É o melhor lápis preto da marca!

E você já testou o lápis esfumador?

Até mais!

sexta-feira, 10 de março de 2017

eSPlorando: Corridas de rua

Oiê!
São Paulo é uma cidade maravilhosa que oferece praticamente tudo o que você pode imaginar. Apesar de seus defeitos, tão grandes quanto a cidade, sempre tem coisas legais para fazer. Não sei se é verdade, mas a sensação que eu tenho é que nos últimos anos as corridas de rua têm se destacado e cada vez mais pessoas participam dos eventos. Hoje tenho vários amigos e conhecidos que correm e isso é um ótimo exercício. Correr não precisa de muita coisa, só um bom tênis. Para deixar as coisas mais divertidas, dá se inscrever em corridas de rua, assim você se exercita e passeia pela cidade! Já fiz duas e vou te contar um pouco como foi minha experiência!

Primeiro sobre a Meia de Sampa, ela aconteceu no dia 09 de outubro e a largada foi no Jockey Club de São Paulo.  Dava para fazer 5Km, 10Km ou 21Km, é claro que eu fiz apenas os 5Km. Veja bem, eu mal tinha começado a treinar corrida, já tinha feito 5Km quebrados na esteira e nunca tinha corrido na rua – foi um desafio e tanto! No primeiro quilômetro eu só consegui pensar: “que m****a que eu estou fazendo aqui, correndo sem motivo”, quando alcancei o segundo as coisas começaram a ficar interessantes, mas comecei a perder o fôlego. Lá pelos 2,5Km eu comecei a caminhar e depois disso alternei corridinhas e caminhadas. Quando cruzei a linha de chegada e percebi que eu tinha conseguido fazer os 5Km em 33 minutos, fiquei muito feliz! Sério, dá aquela sensação de dever cumprido – eu me desafiei e consegui! Esperava fazer em 40 minutos, foi uma surpresa conseguir fazer em 33!

A segunda corrida é a minha queridinha. Encarei os 7Km da Star Wars Run! Tá ai um motivo legal para correr. Antes da corrida haviam painéis e personagens da série para tirar foto, dava para jogar vídeo game da saga – era uma festa, que continuou depois da corrida. Infelizmente fui embora logo após a corrida. Dessa vez a corrida foi à noite e a largada foi no Memorial da América Latina. Eu ainda não estava treinando muito e nunca tinha feito 7Km na vida. Estava um pouco frio, então resolvi correr com um casaquinho e foi bem ruim. Dessa vez andei mais do que corri, senti um pouco a virilha, mas completei em quase 50 minutos (eu acho). 
Nem sempre as fotos ficam bonitas, mas o esforço é o que vale!
Entre correr de dia e de noite, acho que a segunda opção é um pouco melhor. Correr no sol cansa bastante por causa do sol, por isso quanto mais cedo a largada, melhor. Para correr à noite é preciso que o lugar seja bem iluminado. Não tive problemas na Star Wars, mas meu treinador da academia disse que ele já fez uma e não dava para enxergar o caminho direito.

Esse ano comecei a treinar corrida de verdade e já sinto bastante diferença na minha respiração e na minha resistência (além de uns centímetros a menos no corpo). Também fui ao cardiologista pela primeira vez para conferir se estava tudo certo comigo e garantir que eu não terei problemas durante o exercício. Também continuo fazendo musculação e acrescentei aulas de treinamento funcional, jump e zumba – sim, vou para a academia de 4 à 7 vezes por semana para ficar em forma (e poder comer sem muita culpa!).

Em resumo, pretendo fazer mais corridas de rua, porém só as temáticas mais legais como a Princess Magic Run (já perdi) e a Star Wars Run, que esse ano deve ser muito boa por causa do lançamento do episódio VIII, porque o preço é um pouco salgado e se for pra gastar, quero um kit e uma medalha que eu goste!

Você já corre? Pensa em correr? Não deixe de comentar sua experiência!

Até mais!

quinta-feira, 9 de março de 2017

Tutorial: To básica!

Oiê!
Depois de alguns tutoriais bem coloridos, hoje a proposta é de um make leve, pele simples, olho quase nada e um batom mais colorido porque não sei ser totalmente básica! O tutorial tá curtinho e é perfeito para quem não curte maquiagem forte e não quer ficar de cara limpa.

Usei os seguintes produtos para preparar a pele:
FitMe! Foundation, 120 – Classic Ivory (Maybelline)
Fit me! Matte+Poreless Powder, 120 Classic Ivory (Maybelline)
- Blush mais escuro do Kit Blush V211 (Jasmyne)
Natural Bronzer, na cor 021 Sun Light (Rimmel)
Clique aqui para ampliar.
Como eu já disse, coloquei um pouco de cor nos lábios. Passei o Laranchinha (Quem disse, Berenice?), um laranja claro e um pouco vibrante.


Produtos utilizados:
- Sombra Beginha (Quem disse, Berenice?)
- Sombra UNO29 (Vult)
- Máscara The Falsies Super Filme (Maybelline)

Maquiagem como essa não tem muito segredo. Sempre gosto de usar uma sombra clarinha cintilante na pálpebra e no canto interno, marco o côncavo e o canto externo com um marrom claro e fim! Nesse tutorial te dei a opção de fazer um delineado com sombras, é um jeito ótimo de delinear os olhos sem marcar muito e nem perder tempo.

O make é básico, o tutorial é rápido e o post é curtinho! Acredita que eu tinha esquecido de postar hoje de manhã?! Minha cabeça anda nas nuvens!

Tô querendo ideias para os próximos tutoriais, então que tal deixar sua sugestão nos comentários?

Até mais! 

quarta-feira, 8 de março de 2017

Televisando: Santa Clarita Diet

Oiê!
O post de hoje é dedicado à mais uma série maravilhosa da Netflix. No mês passado o serviço de streaming lançou a série Santa Clarita Diet, uma série nova com a Drew Barrymore. São 10 episódios surreais para rir do começo ao fim! Eu, pelo menos, me diverti horrores com a série.
Santa Clarita conta a história de Sheila e Joel, um casal de corretores de imóveis que vivem com sua única filha, Abby, em Santa Clarita (Los Angeles). Um belo dia, Sheila passa mal e (em uma cena extremamente nojenta e divertida – sim, isso é possível!) vomita seu coração. Então ela morre? NÃO! Ela se torna uma zumbi e toma a trama mostra a adaptação dela e sua família para conviver com a nova realidade. Se virar zumbi não fosse o suficiente, a personalidade de Sheila muda e ela se torna mais intensa, o que leva a momentos hilários entre ela e o Joel.
Se você acha que ela será uma morta-viva "vegetariana", você está enganado! Ela se alimenta de carne humana e das maneiras mais inusitadas. Se prepare para uma boa dose de sangue e vísceras. Se você não curte muito essas coisas, melhor fugir da série, ela é nojenta do começo ao fim.
É uma comedia muito louca, o núcleo familiar é muito legal e assisti os 10 episódios em um final de semana. São episódios de meia hora, então é bem curtinho, e o final deixa o maior gancho para a próxima temporada – que ainda não foi confirmada (vamos cruzar os dedos!).

Tá sem nada pra fazer e quer se divertir um pouco? Dê uma chance para Santa Clarita!

Você já assistiu? Me conta o que achou!

Até mais!

terça-feira, 7 de março de 2017

Ma cuisine d'Orange: Biscoitinho amanteigado simples

Oiê!
Biscoitinhos amanteigados para o chá da tarde é tudo de bom. Para falar a verdade, não existe momento especial para comer um biscoito, concorda comigo? Hoje eu vou te revelar um segredo de família, uma receita que eu, minha mãe e meu irmão sempre fazíamos juntos. É daqueles biscoitos que derretem na boca e só leva três ingredientes básicos: farinha, açúcar e manteiga. Não perde mais tempo e salva essa receita para fazer o mais rápido possível!
Não deixe de salvar essa receita!
A massa é bem amanteigada, mas você pode reduzir um pouco a quantidade de manteiga que continua dando certo. Ah, você prefere biscoitinhos de chocolate? Troque as colheres de sopa de farinha por chocolate ou cacau em pó. Dá para adicionar farinha de amêndoas, por exemplo, para dar um sabor diferente...é só deixar seu mestre-cuca interior tomar conta da receita.
Infelizmente é uma receita que dura pouco, pois depois que você come o primeiro biscoito, dificilmente consegue parar de comer! Mas se você for uma pessoa forte, é só guardar em um vidro bem fechado que ele dura vários dias.
Reformulei um pouco essa coluna, o que você achou desse novo formato? Dê suas sugestões nos comentários e aproveita para me contar se gostou dos biscoitinhos!


Até mais!

segunda-feira, 6 de março de 2017

Resenha: Iconic Pink (Make B., O Boticário)

Oiê!
Se tem uma resenha que tá quase um ano atrasada é essa aqui! Na metade do ano passado a Make B. (O Boticário) lançou uma coleção de batons e esmaltes da Barbie. Na época fiquei super empolgada, mas acabei não comprando na época. Em outubro fui na loja e encontrei alguns batons da coleção em promoção, daí resolvi aproveitar. Das cores que eu encontrei escolhi a Iconic Pink.

Segundo o Boticário: “Acabamento mate e cores incríveis.
Inspirado nas cores do mundo Barbie, o Make B. Barbie Edition Batom Perfeito Matte traz 7 cores incríveis com acabamento mate que vão trazer o toque fashion para realçar o seu make.
Com alta cobertura já na primeira aplicação o batom tem alto poder hidratante e durabilidade de até 6 horas. Fácil de espalhar e com cobertura suave e macia, o Make B. Barbie Edition Batom Perfeito Matte possui FPS 25, contém a tecnologia B. Complex que possui antioxidantes e é dermatologicamente testado.

Infelizmente a coleção já saiu de linha (há muito tempo por sinal). O batom tem 3,6g e acho que custava uns R$45,00. Não tenho a composição dele porque o Uthred resolveu comer a caixinha.

A embalagem é a tradicional da linha Make B., mas a coleção tem um diferencial, por dentro há um adesivo com listras brancas, pretas e uma pink, o que me lembrou muito o maiô da primeira Barbie. Por fora a embalagem é toda preta com o nome da linha na tampa, junto com uma pedrinha brilhante. O nome da cor está em baixo relevo na base.
O Iconic Pink é um rosa frio, puxado pro neon. Nos lábios eu tenho a sensação de que ele fica ainda mais frio. Ele é um batom de acabamento mate e é bem seco, chega a ser difícil de aplicar, principalmente em lábios ressecados.  Quando passo, sinto que o batom marca muito as linhas e o acabamento parece muito grosseiro. Estou tão acostumada com o acabamento de batons líquidos que não curti muito o do Iconic Pink. Também achei que ele craquela e não senti diferença com os lábios hidratados.
Apesar de ser bem seco, o batom transfere como qualquer outro batom mate em bala. Mesmo assim a duração é ok, aguenta bastante tempo se você não beber, comer e esfregar o guardanapo.

Em resumo, acho a cor um pouco estranha em mim (o tom não ornou) e o acabamento deixa a desejar. Fiquei satisfeita de não ter comprado o batom o com preço cheio e valeu a pena por ser um item da Barbie (se você ainda não sabe, eu amo a boneca e faço coleção até hoje).

Você experimentou outras cores dessa linha? Teve a mesma impressão do que eu?

Até mais!

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!