segunda-feira, 13 de junho de 2016

Resenha: Quite the Standout (M.A.C)

Oiê!
Finalmente vou falar do batom que me conquistou. Sério, fazia tempo que eu não me encantava tanto com um batom. Ele tem a textura que gosto, cobertura impecável e uma cor que eu acho maravilhosa e que combina muito com me tom de pele. Estou falando do Quite The Standout, da linha de batons líquidos da M.A.C. Não resisti, comprei e me apaixonei! É o meu batom da vida!
Segundo a marca, os Retro Matte Liquid Lipcolour são: “Para aquelas que preferem a beleza atemporal, o encanto sofisticado do acabamento mate predomina. M∙A∙C inova a clássica textura com as cores intensas do batom líquido Retro Matte Liquid Lipcolour. Seja qual for sua cor preferida, todas prometem uma coisa: um toque intenso de cor em acabamento aveludado inesquecível.

São 15 opções de cores, alguns são versões de batom bala da marca e custam R$86,00 no site da M.A.C e na Sephora. Comprei o meu na M.A.C do aeroporto de Houston (IAH) e paguei U$20.00+imposto (U$21.00).
A embalagem vem com 5mL, tem a tampa dos batons em bala e o tubo é plástico transparente (parece bem resistente), ideal para identificar a cor de longe. O aplicador é um pouco diferente dos que encontramos aqui no Brasil, ele é amendoado, com uma ponta bem fininha (boa para contornar) e um buraquinho com meio, formando um mini-reservatório do produto. O aplicador pega bastante batom, por isso sempre tiro o excesso na boca o tubinho e com o que fica no reservatório é suficiente para aplicar nos lábios. Ainda não sei se prefiro esse tipo de aplicador ou os tipo gloss que encontramos com mais frequência.
A fórmula é bem pigmentada!  Uma camadinha é suficiente para muita cor. O Quite the Standout não mancha e cobre bem em uma camada. Quanto à consistência, achei que ela fica entre os da Dailus e os que QDB?, não é nem muito grosso e nem tão flúido – achei ideal! O Quite The Standout é aquele tom de vermelho bem aberto com muito laranja. Dependendo da luz, ele fica mais laranja ou mais vermelho. É muito vibrante e destaca os lábios de maneira incrível! Foi isso que me conquistou! Quando passei pela primeira vez, não consegui parar de me olhar no espelho, meus lábios ficam lindos com essa cor.
Li que algumas pessoas acharam que o batom não secava totalmente e que se assemelhava com os retro matte em bala. Comigo, o batom seca totalmente, marcando as ruguinhas e lábios desidratados. Só tenho o Flat Out Fabulous para comparar com o retro matte bala e achei os acabamentos um pouco diferente, o líquido seca e dali não sai! Aguenta um dia inteiro desde que você não se lambuze com comidinhas gordurosas ou uma salada temperada com azeite – não tem jeito, gordura e óleos tiram batom líquido!
The Nudes II
Meu problema com a marca é o preço. São quase R$100,00 em um batom, acho bastante dinheiro, porém a qualidade é muito boa. Sabe, temos muita diversidade de batons líquidos por aqui e a maioria com preços bem acessíveis. Não acho que os batons da Dailus e os da QDB? (meus favoritos nacionais) deixem a desejar. Por exemplo, o acabamento dos da M.A.C é superior pela pigmentação, já para textura final, prefiro os da QDB? que são mais finos. Também gosto muito das cores da M.A.C e muitas são difíceis de reproduzir. Enfim, gostei muito do Retro Matte Liquid Lipcolour, tem bastante qualidade, acabamento impecável e alta duração, os pontos negativos são o fate de marcar um pouco as dobrinhas dos lábios e o preço. Não descarto a possibilidade de comprar outras cores da linha, mas não dá para comprar um por mês!

Você já experimentou algum Retro Matte Liquid Lipcolour? Qual sua cor favorita?

Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!