terça-feira, 15 de março de 2016

eSPlorando: Rua das Noivas

Oiê!
Não é a primeira vez que falo sobre a famosa rua das noivas daqui de São Paulo. Fui lá duas vezes, como noiva e como amiga, e nas duas tive a mesma sensação: enche o saco! É preciso paciência, calma e propósito para ir até lá. Sério, não é tão legal assim e nem vai ser como o programa “O Vestido Ideal” do Discovery Home & Health. A busca pelo vestido de noiva é longa (eu já contei minha aventura neste post) e ir à rua das noivas faz parte desse processo.
A Rua das Noivas fica na Rua São Caetano, no bairro da Luz. O jeito mais fácil de chegar lá é pelo metro, é só descer na estação da Luz (lado oposto ao da Pinacoteca do Estado) e caminhar até a Rua São Caetano. É claro que nas imediações também tem lojas de vestidos, acessórios e coisas para casamento, você sai do metro e já começa a seguir o caminho do vestido branco!

A Rua São Caetano não tem nada de especial, é uma rua comercial com uma grande concentração de lojas de vestido de noiva (de todos os preços e qualidades) e coisas para casamento (recomendo passar na Durval Calçados – o sapato de lá é caro, mas super hiper mega confortável). O ideal é você pesquisar na internet quais lojas você quer conhecer para provar alguns vestidos. Andar pela rua é engraçado, tem limusines estacionadas, do nada começa a tocar a marcha nupcial (ou a música do Piratas do Caribe) e as vendedoras ficam na porta perguntando se você é noiva (isso eu acho irritante, normalmente fujo dessas lojas!).
Quando fui como noiva, entrei em algumas lojas, mas só experimentei vestidos em uma. Já com a minha amiga, nós olhamos bastante vitrines e depois que ela gostou de alguns vestidos ela entrou para provar – acho que foram umas três ou quatro lojas. Chega um momento em que os vestidos começam a ficar iguais e não tem mais porquê ficar provando se você já decidiu um modelo.
Antigamente, a rua tinha ateliês de alta costura, que desenhavam, costuravam e bordavam o vestido do jeitinho que você queria. Hoje em dia, a maioria das lojas trabalham com modelos prontos (muitos são aqueles importados da China) e uma ou outra ainda fazem ainda sob medida. O maior problema desses importados é o acabamento, muito dos que vimos estavam bem mal-acabados...tinha um que vinha com zíper normal ao invés dos invisíveis! Fiquei chocada e a vendedora teve a coragem de dizer que os botões escondiam. Sério, quem faz um vestido de noiva com tecidos delicados e finaliza um zíper que você colocaria num moletom?!

Acho que a experiência de ir à Rua das Noivas é válida, principalmente se você não tem ideia do modelo do vestido. Muitas lojas que trabalham com aluguel deixam você provar os vestidos e isso é perfeito para descobrir qual modelo te agrada mais. Algumas lojas não gostam muito...teve uma que entramos e que a mulher não queria deixar minha amiga experimentar porque o casamento dela era só no segundo semestre de 2017 e que os modelos de agora não estariam disponíveis quando ela fosse decidir – o motivo faz sentido, mas a vendedora foi muito esnobe. Fiquei bem irritada nessa loja. Nunca acredite que vestido de noiva é só bonito e que não existe modelo bonito e confortável – É MENTIRA!!!

Não espere um lugar bonito, é o centro da cidade e se prepare para ficar um período por lá. Aconselho o período da manhã, é mais tranquilo chegar logo depois que as lojas abrem. Sempre leve alguém com você, é importante ter alguém para opinar, porque a maioria das vendedoras querem vender. Fique atenta aos tecidos, cortes e às provas do vestido para não ter surpresas no meio do caminho.

Você já foi na Rua das Noivas? Conta para mim como foi sua experiência!
Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!