sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Reflexão sobre 2015

Oiê!
Acho que antes de pensar em 2016 é importante refletir sobre o ano passado. Passei os últimos dias pensando intensamente nisso. Ao contrário do que eu já falei e a maioria comenta, 2015 não passou voando. Cheguei à conclusão de que eu deixei 2015 passar. Calma que eu já explico melhor!
 2015 foi um ano bom! Viajei, conheci lugares novos, experimentei coisas novas, recebi boas notícias do mestrado e vi o blog crescer pouco a pouco – não que o blog seja gigante, mas o número de acessos sobe um pouco a cada dia.

Sobre conhecer lugares, em abril eu e o André conhecemos Florianópolis e em dezembro o Rio de Janeiro. Desde a lua-de-mel (1,2,3,4), viajar virou umas das minhas coisas favoritas! Se o dindin estivesse sobrando com certeza seria investido em viagens!

Quando penso no ano passado, a primeira coisa que me vem na cabeça é o fato de que eu experimentei todas as comidas que eu tive direito. Coloquei de lado os preconceitos que eu tinha sobre certos alimentos e deixei meu paladar decidir por mim. Foi uma das melhores decisões que tomei. Descobri alimentos e combinações maravilhosos e outros nem tanto...finalmente como (quase) de tudo em um rodízio japonês!

Em setembro, percebi que o blog precisava de uma reformulação e isso foi essencial para seu crescimento. O Laranja #FC7216 (você lembrava dele?) se tornou o Perspectiva Laranja, ganhou domínio próprio e novo layout. Depois de mais de um ano de blog achei o nome ideal! Também foi em 2015 que o blog ganhou seu primeiro colaborador, o André da coluna Cidadeando. É muito bom ver meu cantinho na internet crescendo aos poucos. Muito obrigada a você que reserva um pouco do seu tempo para passar aqui.

O ano que passou não foi o melhor do mestrado, alguns experimentos ficaram parados por causa verba que demorou para chegar, da importação dos reagentes etc. Muitas vezes me vi desanimada e perdi o foco. Não me orgulho disso. Deixei tudo que pude para o amanhã e foi esse amanhã que virou semana seguinte, mês seguinte até chegar 2016. Mesmo assim eu recebi um presentão de natal, o sequenciamento ficou pronto para ser analisado. Então o que 2015 teve de parado, 2016 terá de agito na minha vida acadêmica!

Não foi só no trabalho que deixei os dias passarem...em muitos aspectos da minha vida eu empurrei as coisas com a barriga e o resultado é que perdi tempo. A minha falta de organização é que me deixou com a sensação de que 2015 passou voando, mas não é isso. Se eu tivesse mais foco e organização, eu teria conseguido fazer tudo o que estava no meu planejamento tranquilamente! Dentre as coisas não tão boas que aconteceram no ano passado, acho que a pior foi o auto-sabotamento de tempo!

Terminei 2015 com uma série de reflexões sobre minha vida, meu comportamento e como posso melhorar. Acho que aos poucos minha visão de mundo tem mudado. Acredito que estou em um momento de mudança interior e talvez isso reflita no blog daqui um tempo. Das minhas metas de 2016, posso dizer que uma das mais importantes é ser mais tolerante e compartilho ela com você porque acho que todos precisam disso. 2015, apesar das coisas boas, foi marcado por muito ódio. Presenciamos muita violência física e verbal, isso se não cometemos alguma também. Espero que em 2016 as pessoas tomem consciência de que é necessário um pouco de tolerância e respeito – infelizmente, não acho que isso vai acontecer tão cedo. Mas como posso esperar que todos sejam tolerantes se muitas vezes eu não sou? Não adiante esperar uma atitude do próximo se você também não faz, parece clichê, mas é a verdade. Se eu começar a ser mais tolerante, respeitar e ajudar o próximo, talvez as pessoas ao meu redor se sintam tocadas e então alguma mudança pode realmente acontecer. Não adianta dar um passo maior do que a perna!

Te aconselho a também fazer uma reflexão sobre o ano que passou, a pensar nas suas metas para este ano e, só assim, pode dizer:


2016, seja bem vindo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!