sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Esmalte da Semana: NPU05 (Innisfree)

Oiê!
O esmalte dessa semana é de uma marca coreana que ganhei do meu tio quando ele morava na China. Tenho três esmaltes da marca e gosto bastante de todos. Um dos defeitos é que os esmaltes não têm nome e sim números (que mais parecem um código). No post de hoje vou mostrar um pouquinho mais do NPU05.
O vidrinho é a coisa mais lindinha! Redondinho e a topo da tampa é todo trabalhado. Bem delicado! O pincel é achatadinho e bom para aplicar.  O NPU05 é um roxo metálico, mas na verdade esse efeito acontece por causa do shimmer prateado. É um tom de roxo lindo e com um pouco de profundidade, fica lindo nas unhas!
Apliquei duas camadas e finalizei com uma de top coat Color Show (Maybeline). A duração não foi das melhores, das outras vezes que usei o NPU05 ele aguentou mais. Lá pelo terceiro dia ele começou a lascar de vez! A fórmula é tranquila de aplicar, mas dá um pouquinho de trabalho, pois o shimmer é um pouco mais grosso que o habitual.
Não é uma marca fácil de achar e nem sei quanto custa. Se você souber mais sobre a marca me avisa nos comentários. Os outros dois esmaltes da marca que eu tenho já apareceram por aqui. O mais chatinho de aplicar é o NYE05 e azul sem nome é tão lindo quanto o NPU05.

Você conhecia a marca?

Até mais!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Tutorial: Neutro Metálico

Oiê!
Eu sempre fui daquelas que não podia misturar prata, dourado e bronze. Ou tudo prata, ou bronze ou dourado, misturar era brega. É claro que com o passar dos anos esse conceito foi mudando e comecei a aceitar melhor essa combinação. Hoje quase não tenho problemas e usar todos os metais misturados. Nunca tinha pensado em usar essa combinação em uma maquiagem, mas o Pinterest está aqui para nos inspirar e foi assim que esse tutorial nasceu. Se você ainda não se convenceu de que é possível usar dourado com bronze e prata, esse tutorial vai te fazer mudar de ideia!
Usei os seguintes produtos para preparar a pele:
StudioFix Fluid, cor NC20 (M.A.C.)
-  Corretivo Líquido, 03 – Claro (Tracta) 
 - Anti-spot Compact Powder, cor 02 sand (Essence) – apenas nas olheiras
NaturalBronzer, cor 021 Sun Light (Rimmel)
- Dream Touch Blush, na cor 05 (Maybelline)
- Lápis de sobrancelha, cor Cinzel (Quem disse, Berenice?)
Clique aqui para ampliar.
Nos lábios escolhi uma cor escura, o vinhíssimo (Quem disse, Berenice?), porém é uma maquiagem que combina com qualquer cor de batom.
Nas fotos você pode conferir o resultado:


Produtos utilizados:
- Palette Amuse
- Sombra Coal (Mary Kay)
- Lápis Studio Secrets Pro (L’Oréal)
- Sombra UNO 29 (Vult)
- Palette V209-A (Jasmyne)
- Caneta Delineadora Make B. (O Boticário)
- Máscara Divina (Quem disse, Berenice?)

Esse é o tipo de make para deixar guardado na manga. Cores neutras que em conjunto deixam um olhar chique e sofisticado. Se tiver todos esses tons em uma palette, ela será sua melhor companheira! Surgiu uma festa? É só lembrar desse tutorial que você estará pronta. Apesar desse tutorial ser um dos mais longos do blog, ele é simples de fazer e o resultado vai impressionar.

Você já usou essa combinação de tons na maquiagem?


Até mais!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Cidadeando: Meu Caminho em cada manhã...


Olá amigos, tudo bem?

Agora que já conversamos um pouco sobre a estrutura da rede de transportes e sobre preparo físico, vamos para uma terceira pergunta. Como é meu trajeto cotidiano.

Parece fácil responder essa questão, mas as vezes a aparência engana. Acho essa uma das perguntas mais complexas.
A figura acima é uma ilustração dos diferentes tipos de inteligência que existem, porém, nossa educação atual valoriza algumas mais que outras. Por isso posso afirmar que para grande maioria das pessoas, entender o espaço é algo extremamente complexo.

Todos os dias nos deslocamos pela cidade, mas realmente avaliamos por onde e como é esse deslocamento?

Observar o espaço e entender sua dinâmica é importantíssimo. Sugiro observar a distância em quilômetros que você percorre, as condições da via, o trânsito, a iluminação, a movimentação das ruas... tudo isso é importante para que você possa analisar o seu trajeto.

Se você observar que uma rua é muito movimentada com caminhões e tem pouco espaço para o ciclista, pode ser sinal para tentar uma rota por outra rua mais tranquila. Se as ruas são muito desertas e passam por locais com pouca iluminação e movimentação pode ser perigoso. Basta achar uma rua onde o movimento seja média e tenha espaço para carros e bicicletas.

No próximo post vou dividir com vocês como preparei a minha rota para o trabalho.


Um abraço

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Ma Cuisine d'Orange: Cubinhos de Suco Verde

Oiê!
De uns tempos para cá sucos detox viraram moda. Em quase toda esquina dá para achar os famosos sucos verde. Como é uma febre, o preço pode ser um pouco mais alto do que ele realmente vale. Como fazer esse tipo de suco é muito fácil, no Ma Cuisine de hoje eu vou ensinar como fazer cubinhos de suco verde e vão facilitar ainda mais a sua vida! Sério, não tem desculpa, é muito fácil de fazer!
Ingredientes:
- Folhas de Couve
- Folhas de Hortelã
- Pedaço de Gengibre
Infelizmente não tenho como passar as quantidades exatas, pois faço tudo à olho. Além disso, você pode acrescentar outros ingredientes. Coloco bastante hortelã e gengibre porque adoro o gosto, mas a quantidade fica a seu critério.
Modo de preparo:
Pique a couve grosseiramente com as mãos e coloque no liquidificador junto com os outros ingredientes e um pouco de água (1). Bata até ficar homogêneo (2). Distribua em forminhas de gelo e leve ao congelador.
Quando você for fazer seu suco, é só retirar um ou dois cubinhos de suco verde e bater no liquidificador com a fruta de sua escolha e um pouco de água (ou suco de limão/laranja). O resultado é um suco refrescante, saboroso e saudável! O ideal é não adoçar, mas se você quiser, tente colocar mel – fica delicioso!
Minhas combinações favoritas:
- Maracujá + Acerola + Cubinho de suco verde
- Abacaxi + Acerola + Cubinho de suco verde

Normalmente não adoço, mas isso é porque eu gosto bastante de um azedinho!
O André encontrou uma receita que ajuda à controlar a gastrite e desde então ele não fica sem tomar diariamente. Se você também sofre de gastrite, anota a receita:
- 1 maçã
- 1 folha de couve (equivale à uns três cubinhos)
- 1 colher (sopa) de semente de linhaça moída
- Um pouco de água
- Mel à gosto.

Fica bem gostoso e foi uma das coisas que ajudou no tratamento (além dos exercícios físicos e da reeducação alimentar – principalmente na janta).

É muito prático deixar vários cubinhos prontos no freezer, assim quando der vontade de tomar um suco ele está à mão. E você pode testar várias combinações de frutas, é só deixar sua imaginação fluir!

Você já tentou fazer seu próprio suco verde?
Até mais!


segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Resenha: Kit de Pincéis Intense (O Boticário)

Oiê!
Acho bem chato ficar carregando trocentos pincéis grandes na nécessaire, por isso sempre me interesso por mini kits de pincéis. Depois de experimentar os pinceis da Make B. e gostar bastante, decidi comprar o kit de pinceis da Intense. Além de ter um preço camarada, o kit é um must have e neste post conto mais sobre ele!
Segundo a marca: “Pincéis para toda a Make
Com o Kit de Pincéis Intense fica muito mais fácil fazer sua Make do dia-a-dia. Com quatro pincéis super versáteis você consegue fazer uma maquiagem completa e super bem feita. O Kit é composto por um pincel para blush e pó, um pincel para batom e dois pincéis para esfumar lápis e sombra.
Cerdas Macias
Suas cerdas macias facilitam a aplicação e ajudam a espalhar a maquiagem com mais eficiência e de forma precisa.
Praticidade
Os pincéis tem um tamanho ideal para você levar para qualquer lugar dentro da sua bolsa ou na mala de viagem. Muito prático e perfeito para qualquer ocasião.

O kit vem com quatro pincéis em um estojo de plástico molinho e custa R$24,99 no site e nas lojas físicas.
Os pincéis não têm nome e são bastante versáteis. O maior é bem fofinho, dá para aplicar pó, blush e iluminador. É um pincel achatadinho, parecido com um pincel língua de gato só que muito fofinho. O segundo é o pincel de esfumar -meu favorito! Ele é pontudo e super mácio, perfeito para esfumar o côncavo e aplicar a sombra bem rapidinho. O outro é um pincel de sombra, é achatadinho e um pouco mais firme. Funciona muito bem para aplicar a sombra e esfumar rente aos cílios inferiores e superiores. O último é bem pequeno e firme, pode ser usado para aplicar o batom ou como pincel de detalhe. Deve dar para fazer delineado, mas nunca testei. Dos quatro, este é o que uso menos.
O tamanho deles é perfeito para carregar na bolsa, não ocupam espaço e servem para vários tipos de maquiagem. É só deixar a imaginação fluir! Não soltam pelo e são macios ao toque – detalhe importante!

Se você quer se aventurar no mundo dos pinceis e não sabe por onde começar, esse kit é uma boa pedida. São os mais básicos que você pode ter e para maquiagens simples eles são mais do que o suficiente! O Kit de pincéis da Intense cabe no bolso e na nécessaire e vai facilitar seu dia-a-dia!

Gosto de pincéis, mas simplificar a vida é tudo, você concorda comigo?

Até mais!

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Esmalte da Semana: Verde Água (Colorama)

Oiê!
O esmalte dessa semana é de uma antiga linha da Colorama que prometia cobertura total em uma camada. Esse é o único esmalte da linha que tenho e nunca tinha testado. Não me animei muito com a cor (era brinde), por isso deixei de lado. Tenho que confessar, depois de aplicar, descobri que o Verde Água é uma cor muito bonita.
O vidrinho é um pouco diferente dos tradicionais da colorama e sua tampa é menor e mais gordinha. O pincel é o tradicional. A fórmula é mais espessa do que outros e acho que é por isso que ele pode ser aplicado em apenas uma camada. O Verde Água parece mais verde no vidrinho do que na unha. Quando apliquei, percebi que seu tom era mais parecido com um azul bebê, bem pastel. E esse é o tipo de cor que é um inferno para aplicar.
Apesar de ser bem grosso, não consegui passar apenas uma camada, precisei da segunda para cobrir as manchinhas. Mesmo assim gostei do esmalte, porque se fosse um esmalte normal seriam necessárias umas 3 camadas, pois as primeiras ficariam muito manchadas. No final, me surpreendi com a cor, é muito lindinha!

Às vezes o ponto positivo pode ser o negativo...é o que acontece com o Verde Água. Por ser um esmalte mais grosso e por eu ter passado duas camadas, ele lascou mais rápido. Finalizei com o top coat Color Show (Maybelline), mas isso não impediu que o esmalte lascasse no segundo dia. Talvez com apenas uma camada do Verde Água a duração seja maior.
Já li algumas coisas sobre essa linha da Colorama e, aparentemente, alguns precisam de mais de uma camada, como o Verde Água. Infelizmente a linha não existe mais e não sei se algumas cores foram para a cartela permanente da marca.

Você chegou a usar algum esmalte dessa linha?

Até mais!

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Tutorial: Branco e Preto

Oiê!
Para o tutorial dessa semana, escolhi uma combinação que nunca tem erro quando falamos de roupas, acessórios, decoração etc. Não é uma combinação muito comum na maquiagem, mas por que não tentar?! Resolvi fazer um olho branco e preto, pensando no destaque que a sombra branca iria dar ao delineador preto. É um tutorial que você não pode perder!
Usei os seguintes produtos para preparar a pele:
- Base Mate, cor 03 (Quem disse, Berenice?)
Corretivo Líquido, 03 – Claro (Tracta)
- Super Natural UV-Block, cor Claro 02 – Natural (Maybelline)
NaturalBronzer, cor 021 Sun Light (Rimmel)
Blush,cor Rose Éclat (Bourjois)
Clique aqui para ampliar.

Escolhi o batom Coralisa (Quem disse, Berenice?) para finalizar a maquiagem.
Agora é só conferir o resultado final!


Produtos utilizados:
- Primer de Olhos (Quem disse, Berenice?)

Acabei fazendo um delineado pequeno, mas a ideia era algo mais dramático. Minha mão não estava tão boa para delinear, mesmo com a ajuda do microporo. Enfim, acho importante contar esses detalhes, nem sempre conseguimos fazer do jeito que queremos!

Apesar de usar cores discretas, essa maquiagem não é tão básica. A sombra branca chama bastante atenção, por isso é preciso um pouco de atitude para usá-la. Mesmo assim é uma cor que vale a pena investir, imagina combiná-la com delineados coloridos?! Só não se esqueça que sombras claras aumentam os olhos, então não é bom fazer essa maquiagem num dia que seus olhos estão muito inchados.

Qual é o seu veredito para a sombra branca?

Até mais!

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Vídeo: Cuidados com seus esmaltes

Oiê!
Os esmaltes parecem ser tão resistentes, né?! Mas isso não quer dizer que eles podem ficar largados por ai, é preciso alguns cuidados. Gravei um vídeo contando algumas coisas que eu faço para manter meus esmaltes em boas condições. É só apertar o play!
Não são muitas coisas, mas ajudam bastante. Acho que o melhor de todos é limpar a boca do vidrinho, além de facilitar a abertura e o fechamento do esmalte, ele vai demorar mais para engrossar...e nada pior do que aplicar esmalte grosso!
Espero que você tenha gostado do vídeo, não esqueça de dar um joinha e se inscrever no canal!

E me conta de você tem mais algum cuidado com seus vidrinhos coloridos?
Até mais!

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

It Looks Like: Esmaltes Azuis

Oiê!
Percebi que fazia muito tempo que eu não postava comparações. No embalo de ter usado o Sapphire Siren (Maybelline), resolvi comparar quatro esmaltes “azul caneta bic”. Antes do boom de esmaltes coloridos era bem difícil achar vidrinhos que não fossem rosa, vermelho, branco e tons clarinhos, os tons mais diferentes eram os azuis mais fortes. Lembro que o primeiro que comprei foi o Azul Royal (Colorama) e quando passei minha mãe estranhou bastante. Isso devem fazer uns 8 anos, não faz tanto tempo assim! Depois disso minha coleção de esmaltes foi aumentando e temos milhares de opções de esmaltes coloridos e diversos tons de azul. Escolhi os mais escuros porque até hoje são os queridinhos de muitas, e eu me incluo neste grupo! Todos são nacionais e você já deve ter cruzado com alguns deles nas prateleiras!
Os quatro escolhidos são:
- Caneta Azul (Kolt)

Pela foto dá pra perceber que o Lapis Lazuli é o mais diferente dos quatro, tanto pelo acabamento quanto pela cor. No vidrinho são muitos parecidas mas na unha ele fica bem mais claro. Já o Caneta Azul tem a pior fórmula, a aplicação nunca fica homogênea. Apesar de ser o tom mais escuro no vidrinho, na unha ele perde toda a intensidade e fica bem parecido com o Sapphire. Quando penso no tom azul da caneta bic, penso num azul intenso, escuro e vibrante ao mesmo tempo e é isso que vejo no esmalte da Maybelline. Sem dúvidas o Sapphire Siren é o esmalte azul caneta bic que tem a melhor fórmula. Na foto dá para ver que sua cobertura é impecável e que as cutículas estão intactas. E ai eu entro no maior problema do Azul Cobalto, ele mancha muito a cutícula, deixando um acabamento ruim. Seu tom é um pouco mais claro que o Caneta Azul e o Sapphire, mas é tão bonito quanto. É fácil de esmaltar, mas é um horror para limpar os cantinhos!
Quanto à duração, não vejo muita diferença entre os quatro. Talvez pelo acabamento fosco do Lapis Lazuli ele dure um pouco menos, mas no geral são parecidos. De todos o meu favorito é o Sapphire e acho que não escondi isso durante o post. A fórmula é seu diferencial, fácil de aplicar e de remover, nunca tive problemas com ele. O que menos uso é o da Kolt, é muito chato aplicar um esmalte que mancha, é preciso um pouco de paciência.

Deu para perceber que existe uma enorme variedade de esmaltes desse tom no mercado e não é preciso desembolsar muito dinheiro! As diferenças são mínimas no quesito cor, o que muda mais de um para o outro é a fórmula. Esmaltes azuis sempre foram um pouco temidos por manchar as cutículas (muito dessa fama veio do Azul Cobalto), mas hoje temos fórmulas melhores à nossa disposição.  Eu amo laranja, mas confesso que adoro ver minhas unhas azuis, por isso tenho vários esmaltes da cor!

E qual é o seu esmalte azul favorito?

Até mais!

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Resenha: Mousse Labial Love Rouge (O Boticário)

Oiê!
Já faz um tempo que O Boticário lançou seu primeiro batom líquido, que eles chamaram de mousse labial. Foi um pouco depois do lançamento dos da Quem disse, Berenice?. Demorei um pouco para comprar o meu, fiquei em dúvidas em qual cor escolher e quando decidi comprar haviam poucas opções de cores. Acabei escolhendo o Love Rouge e no post de hoje vou contar um pouquinho mais sobre ele.
Segundo O Boticário: “O Mousse Labial é o item de beleza que não pode faltar na sua bolsa. Desenvolvido com textura inovadora e efeito mate, ele oferece um acabamento impecável, valorizando o seu sorriso já na primeira aplicação.
Para um resultado duradouro, sua fórmula conta com pigmentos de longa duração e alta cobertura que intensifica a cor, sem escorrer e sem borrar. É um produto prático e de fácil aplicação, permitindo que você crie um make rápido e perfeito para o dia a dia.”
O Mousse Labial Efeito Mate está disponível em sete cores que podem ser encontradas nas lojas físicas e no site da marca por R$29,99 cada.
Antes de comprar li algumas coisas sobre o mousse labial, então sabia que ele era um pouco diferente dos batons líquidos mate “clássicos”. Apesar de seu acabamento ser mate, ele não é sequinho como os da Dailus ou da QDB?, sua textura é um pouco mais molhadinha no toque. Sim, isso quer dizer que ele transfere tanto quanto um batom mate em bala. Para quem está acostumada com os acabamentos mais sequinhos, vai estranhar o mousse no começo.
A embalagem é clássica de batons líquido, o tubinho com o aplicador de gloss. Para referência, ele é um pouco mais gordinho e menor do que os da QDB?. Mas isso não quer dizer muita coisa, o tubinho engana – o da QDB? vem com 2,8mL enquanto o Mousse vem 5,4mL, quase o dobro de produto! O Love Rouge tem o tom que eu considero vermelho-cereja, pois tem um fundo bem rosado. É bem pigmentado e entrega bastante cor na primeira camada.
A fórmula do Love Rouge é muito boa para aplicar. Mesmo sendo mais grossa, ela desliza super bem e com uma camada o acabamento fica bom. A secagem é relativamente rápida, mas a verdade é que ele não seca totalmente, como expliquei antes. Achei que fica confortável nos lábios e quem tem a boca muito ressecada também vai achar. Como o mousse labial fica úmido, ele não vai marcar as linhas dos lábios e nem ressaltar o ressecamento.
Quanto à duração, posso dizer que é superior aos batons de bala. Não chega a ser excelente como a dos batons líquido da Dailus e da QDB?, mas é boa. Se não esfregar o guardanapo nos lábios, o mousse vai durar boas horas. Consigo passar um dia todo com ele sem problemas, mas tomo alguns cuidados com o que como e como limpo meus lábios durante as refeições.

O Love Rouge cumpre o que promete. Nos lábios a sensação não é de batom mate, mas visualmente ele fica mate, tem bastante pigmento, boa duração e é fácil de aplicar. Indico para pessoas com lábios ressecados que não se adaptaram aos batons mais sequinhos, ao contrário deles o mousse labial deixa uma sensação boa nos lábios. Minha experiência com esse tipo de batom foi tão boa que penso em comprar mais um, o Modern Nude, que parece se um nude lindo! Se você quiser ver mais fotos do Love Rouge, dá uma olhada no tutorial Olho Escuro QUICK.

Você já experimentou algum dos Mousses Labiais da marca?

Até mais!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Esmalte da Semana: Mostardete

Oiê!
Fazia muito tempo que eu não usava um esmalte da Quem disse, Berenice?, aliás, fazia muito tempo que eu não comprava esmalte de lá! Na semana da black Friday peguei uma boa promoção e comprei dois. Usei tudo novo no réveillon, inclusive o Mostardete, o esmalte dessa semana.
Adoro esmalte com cores diferentes e sem dúvidas isso me atraiu no Mostardete. Eu nunca tive um esmalte amarelo mostarda, por isso eu o escolhi. O vidrinho da marca é redondinho, com a tampa um pouquinho menor do que o vidro e o pincel é achatadinho.

O Mostardete, como o nome sugere, é um amarelo mostarda, mas na unha me deu a sensação de laranja desbotado (ou laranja cor de bolo de cenoura). Dependendo da luz eu conseguia aceitar o mostarda, mas na maioria das vezes eu enxerguei um laranjinha. A fórmula é boa, não manchou e não deu bolinhas.
Passei duas camadas e finalizei com o top coat Color Show (Maybelline). Pintei a unha depois do almoço e no dia seguinte acordei com nail art de lençol. Começou a descascar no terceiro dia, pois é, a duração não foi das melhores. Chegou no sexto dia e estava terrível, felizmente estava perto de refazer as unhas!
O Mostardete é uma cor que considero estranha e não é qualquer um que gosta e consegue usá-la. Depende muito do tom de pele e, ainda mais, do estilo da pessoa. Não é uma cor que eu indicaria para começar a usar unhas mais coloridas. Estranhei um pouco no começo, achei que ficou meio apagado na minha pele, mas eu não ligo muito pra isso – se esse for seu caso, se joga no mostarda!

Você já usou o Mostardete ou não gosta da cor?

Até mais!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Tutorial: Rose Quartz & Serenity

Oiê!
No final do ano passado a Pantone divulgou a cor de 2016. Foi uma surpresa descobrir que pela primeira vez eles escolheram duas cores. As escolhidas foram a Rose Quartz (Quartzo Rosa) e o Serenity, um tom de rosa quente e envolvente e um tom de azul frio e tranquilo que juntos se completam.
Antes do tutorial, quero falar um pouco mais sobre a escolha da Pantone. Traduzi esse texto do site da marca:
Como os consumidores procuram a atenção plena e bem-estar como um antídoto para as tensões do dia moderno, acolher cores que se cumprem psicologicamente o nosso desejo de tranquilidade e segurança estão se tornando mais frequente. Juntos, Rose Quartz & Serenity demonstram um equilíbrio inerente entre um tom de rosa quente e envolvente e o tom frio e tranquilo de azul, refletindo conexão e bem-estar, bem como uma sensação calmante de ordem e paz.
A combinação predominante de Rose Quartz & Serenity também desafia as percepções tradicionais de associação cor. Em muitas partes do mundo, estamos experimentando um blur de gênero no que se refere à moda, que por sua vez impacta as tendências de cores em todas as outras áreas do design. Esta abordagem mais unilateral de cor está coincidindo com os movimentos sociais em relação à igualdade de gênero e fluidez, maior conforto do consumidor com o uso da cor como uma forma de expressão, uma geração que tem menos preocupação sobre ser estereotipado ou julgado e uma troca aberta de informação digital que tem abriu nossos olhos para diferentes abordagens para o uso da cor.”
Achei essa muito interessante essa explicação sobre a escolha das duas cores. Adorei as duas e acho que é uma combinação linda, parece que eu estava prevendo quando fiz o tutorial “Rosazul” no meio do ano passado.

Usei os seguintes produtos para preparar a pele:
BB Creme, cor clara (Quem disse, Berenice?)
 - Corretivo de Alta Cobertura, cor 01 (Quem disse, Berenice?)
Anti-spot Compact Powder, cor 02 sand (Essence)
Blush em bastão Summertime (O Boticário)
Clique aqui para ampliar o tutorial.
 Nos lábios passei uma cor neutra e quente, o Malva (O Boticário).
O resultado você vê nas fotos a seguir:


Produtos utilizados:
- Primer de olhos (Quem disse, Berenice)
- Azuluxo (Quem disse, Berenice?)

Gostaria de ter ousado mais nos lábios, mas fico um pouco insegura por causa do olho, que apesar de suave, é bem colorido. Combinar cores pode ser uma tarefa um pouco complicada quando você prefere cores neutras e combinações clássicas -  1 cor + cor básica (preto, branco, marrom, bege...). É um trabalho lento, mas aos poucos vou me habituando. As duas cores de 2016 são ótimas, principalmente agora no verão e na primavera, acho que ornam muito bem com dias quentes, iluminados e floridos. Nos dias frios as cores mais escuras acabam ganhando espaço, mas o Rose Quartz e o Serenity podem estar presentes nos acessórios, na maquiagem ou nas unhas, sempre vai ter um espacinho para eles!

Você gostou dos tons desse ano? Vai arriscar fazer essa maquiagem?

Até mais!

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

eSPlorando: Damp

Oiê!
Qual a primeira coisa que vem na sua cabeça quando pensa num dia quente de verão? Na minha vem sorvete (tá, dependendo do momento penso numa Coca-Cola bem gelada)! Seja picolé ou de massa, sorvete sempre cai muito bem, refresca, adoça e me deixa muito feliz! Quando passava o mês na praia, íamos na sorveteria quase todo dia, eu me achava muito importante porque poderia me servir sozinha e escolher quais sabores eu queria – tinha sempre muita opção! Aqui em São Paulo não é tão comum encontrar sorveterias nesse estilo, normalmente você pede o sabor e o número de bolas. A Damp é uma sorveteria com mais de 40 anos que fica no bairro do Ipiranga, tem mais de 100 sabores de sorvetes e você pode se servir à vontade! Já provei vários e todos são maravilhosos!
Tomo sorvete nas quatro estações do ano, acho que sempre cai bem! No calor, prefiro os sorvetes de frutas e mais refrescantes, já no frio dou preferência aos mais cremosos e doces. Na Damp sempre encontro uma grande diversidade de sabores em todas as estações e todos são fabricação própria. Além dos sorvetes também tem picolés, bolos, dampinos, cassatas entre outras sobremesas geladas.
Já experimentei vários sabores e tenho alguns favoritos. Dos de fruta, gosto do de maracujá e do de tangerina. Eles têm umas cinco versões de chocolate e uns dos mais deliciosos é o de chocolate com gengibre, uma combinação que funciona muito bem! O de canela e o de gengibre também são deliciosos. Vale a pena experimentar os de queijo, sempre tive curiosidade e um dia pedi para experimentar – eles sempre permitem -  e eles são realmente gostosos! Na dúvida, o de menta com flocos de chocolates é uma escolha certeira!
Chocolate, Gengibre e Canela
No final do ano passado a sorveteria mudou de endereço. O novo espaço é maior, com mais lugares para sentar e passar ótimos momentos. A decoração está linda, muito charmosa e aconchegante, parece uma pequena praça.
A Damp fica na rua Lino Coutinho, 983 -  Ipiranga – São Paulo – SP.  Tem outra unidade na Vila Leopoldina, mas não conheço. No site tem mais informações sobre a sorveteria e o cardápio.

Você já conhecia a Damp? E qual outra sorveteria você gosta?

Até mais!

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Ma Cuisine d'Orange: Chá de Maracujá, Canela e Gengibre

Oiê!
Um dia desses me deparei com uma combinação de chá que me deixou curiosa. Maracujá, gengibre e canela, três coisas que eu adoro e que nunca pensei em combinar. Não precisei pensar muito, resolvi fazer o chá assim que cheguei em casa. Ele é delicioso, tanto quente, quanto gelado. Sem dúvidas, se tornou meu chá favorito!
Ingredientes:
- 1 maracujá azedo
- 400 mL de água
- 2 ramas de canela
- 1 pedaço de gengibre

A quantidade de canela e de gengibre pode variar conforme se paladar, como eu gosto, coloco bastante dos dois.
Modo de Preparo:
Coloque todos os ingredientes em uma leiteira (ou chaleira) e a leve para o fogo alto (1). Deixei ferver por uns 10-15 minutos. Coe assim que desligar o fogo (2). Tome quente ou espere chegar à temperatura ambiente para colocar na geladeira.
É um chá, não tem muito segredo! Esse é diurético e calmante, tirei a receite de um daqueles sites que postam dietas detox. Adoro toma-lo quentinho antes de dormir e geladinho durante o lanche da manhã. Percebi que chá antes de dormir me traz uma sensação boa de aconchego! Nunca tive esse costume, mas de uns tempos para cá comecei a tomar mais. Sempre busco novas combinações usando produtos in natura de preferência -  fujo dos saquinhos de chá, acho meio sem sabor!
Aproveite 2016 para criar novos hábitos, dentre eles uma alimentação mais saudável e saborosa! Um chazinho antes de dormir cai super bem, por que você não experimenta?

Até mais!

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!