quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Televisando: Arrow

Oiê!
No último Televisando eu contei sobre a série do Flash e que por causa dela comecei a assistir Arrow. A série do personagem da DC tem um tom mais sério, porém cativante. Já cheguei na terceira temporada, os episódios vão te envolvendo e quando você percebe, já assistiu uns três episódios de uma vez. No post de hoje vou contar o que estou achando da série, é só continuar lendo!
Sinopse:O jovem bilionário Oliver Queen é dado como morto após um grande naufrágio. Cinco anos depois, ele é encontrado com vida em uma remota ilha do oceano pacífico. Quando retorna para sua casa em Starling, sua mãe Moira, irmã Thea e melhor amigo Tommy dão as boas-vindas, porém, percebem que Oliver mudou.
Enquanto Oliver esconde a verdade sobre quem se tornou, ele tenta desesperadamente amarrar as pontas soltas de sua antiga vida. A mais importante delas é se reconciliar com Laurel Lance, a antiga namorada.
Conforme se reconecta com as pessoas ao seu redor, Oliver secretamente cria Arrow, um vigilante que luta contra os males da sociedade, restaurando a antiga glória da cidade. Porém, o pai de Lauren, Detetive Quentin Lance, está determinado a prender o novo herói. Enquanto isso Moira, a própria mãe de Oliver, esconde informações sobre o naufrágio, se mostrando uma mulher implacável e cruel, trazendo consequências que não podemos nem mesmo imaginar.

A série já está em sua quarta temporada, sendo que as três primeiras estão disponíveis no Netflix.
Achei o começo da primeira temporada meio morna, as coisas não estavam bem esclarecidas, um pouco dramalhento, mas persisti! A verdade é que eu queria ver como o universo do Arrow e o Flash estavam interligados. Da metade pro final, a série ficou bem interessante e me conquistou de vez.  Detalhe: durante a primeira temporada há flashbacks do primeiro ano que o Oliver ficou na ilha.

A partir da segunda temporada é que o Flash (antes de ser Flash) faz sua primeira aparição. No episódio 9, o Barry aparece pela primeira vez e o resto da temporada se passa durante o período que o Barry estava em coma. E foi a partir dessa temporada que o Arrow resolveu usar um disfarce melhor – Não aposentou o capuz, mas trocou a tinta esverdeada ao redor dos olhos por uma máscara! Como estava na segunda temporada, os flashbacks mostram o segundo ano na ilha. Muitos personagens “voltaram da morte” e a trama toma outros rumos.
Ainda estou no começo da terceira temporada, mas dá para pegar algumas coisas. Os flashbacks mostram o terceiro ano em que Oliver esteve “morto” e confesso que fiquei bem confusa. A série está indo para um lado que eu não havia imaginado e muita coisa deve ser explicada até o final. O Flash e outros personagens da série já participaram de alguns episódios e rolam várias referências. O Oliver até faz umas brincadeiras sobre a diferença de abordagem entre ele e o Barry. Isso é muito legal!
Eu, particularmente prefiro o Flash, por ser mais leve. Arrow me deixa tensa demais! Apesar disso, gosto da série, ela consegue te envolver e cada temporada traz um arco diferente que foge do esperado, por isso Arrow consegue me surpreender a cada virada. Uma coisa interessante é que a flecha do logo muda a cada temporada, pelo menos até a terceira temporada isso aconteceu. Eu não conhecia nada sobre o Arqueiro e não sinto necessidade, a série introduz bem o personagem, sua história e suas motivações. Não sei se é fiel à HQ, mas para mim o enredo do seriado me convence. Se você conhece a história das HQs, conta pra mim nos comentários o que você acha da série.

Você já assistiu Arrow? Até qual temporada?
Até Mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!