quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Minha rotina de cuidados com as unhas

Nunca tive o costume de ir à manicure, mas quando eu era criança, minha mãe fazia a unha com uma moça em frente ao prédio em que morávamos e de vez em quando ela deixava eu fazer também, assim, não era nada muito elaborado, era só lixar e pintar.Além disso, eu não podia escolher nenhum esmalte escuro, então passava os rosinhas cintilantes, os translúcidos, bem discretos e eu ficava feliz do mesmo jeito. A primeira vez que usei um esmalte escuro foi num aniversário, acho que de 10 anos, eu fui nessa manicure e escolhi um esmalte preto, com o aval da minha mãe, claro! Nossa, fiquei muito contente e toda exibida com minhas unhas coloridas!

O tempo passou e minha mãe deixou de ir à manicure, ela já tinha o costume de fazer em casa e eu nem ligava muito. Eu não comprava esmaltes, não hidratava, nem lembrava que existiam. Uma vez, minha mãe resolveu fazer meu pé, que estava super seco, as unhas sem brilho, se não me engano eu tinha alguma festa para ir e ela acabou passando um renda nas unhas do pé, nem lembro se eu tinha passado algo nas mãos... Enfim... Foi só lá pelos 15 anos que voltei a prestar atenção às unhas e aos 17 eu viciei em esmaltes. Hoje tenho uma rotina de cuidados simples, mas que funcionam bem para mim!
Antes de começar qualquer manicure, obviamente tiro o esmalte da semana anterior e uso acetona mesmo. Tá, acetona pode não ser o melhor jeito, mas é o mais prático e rápido. Já coloquei glicerina na acetona, usei os lencinhos, mas a acetona ganha, Paciência...

Para amolecer as cutículas e hidratar já fiz várias coisas (até azeite - que por sinal hidrata muuuuuuito!), mas hoje tenho usado o Creme para Cutículas  da Granado. Umedeço e empurro com uma espatula de inox, o ideal seria usar uma de madeira, mas não gosto muito do resultado, ainda não achei a espatula certa, então por hora essa é a que dá o efeito melhor.
Umedeço novamente e com o pano faço uma leve esfoliação na unhas, principalmente nas cutículas, não faço força para não machucar. Com o alicate, tiro as pelinhas que ficam sobrando, aquelas que levantam. 
Se as unhas estiverem muito compridas, uso o cortador (nas unhas do pé uso o cortador direto), caso contrário passo para a etapa seguinte.
Ao lixar, uso a parte mais fina, ou seja, a menos abrasiva para as unhas. Costumo lixar quadradinha com as pontas arredondadas, porém, se alguma unha quebra, acabo lixando todas as unhas em oval. Não consigo manter unhas compridas, bato as mãos em todo lugar, quando ficam mais compridas, as unhas sempre quebram, por isso deixo curtinhas.
Antes de esmaltar, sempre lavo bem as mãos, para tirar o excesso de creme, pó e pele. Começo pela base, SEMPRE! Depois passo as camadas do esmalte desejado e sempre finalizo com um top coat. Com um palito de laranjeira, limpo os cantinhos, primeiro tiro o excesso de esmalte em cada camada, ou seja, passo o esmalte e tiro o excesso, uma unha de cada vez até chegar no top coat. Deixo secar um pouco e então umedeço o palito na acetona, enrolo um pedacinho de algodão, umedeço novamento e limpo as sujeitas que ficaram nos cantinhos e cutículas.
Quase nunca falo sobre base e top coat, certo? Então achei que valia a pena mostrar também. Já estou no segundo vidrinho da base Color Show da Maybelline, tenho gostado bastante, comecei a usar depois do primeiro vidrinho do top coat Color Show, esse já é o terceiro. A base não tem muito segredo, já o top coat deixa um brilho lindo, já que a proposta dele é brilho tipo gel, além disso, a secagem é bem rápida!

Mas não vivo só de unhas brilhantes, às vezes quero uma unha fosca, para isso uso o top coat efeito matte da Big Universo. Dependendo do esmalte que eu vou passar, acabo usando ele como base, para não manchar tanto as camadas do esmalte.
Agora, tem aqueles produtinhos que eu sei que eu DEVERIA usar sempre, mas tenho muiiiita preguiça... Outros são produtos que já usei e me ajudaram muito antigamente....

*Creme para mãos Refrescante (NativaSPA - O Boticário): Hidratar é super necessário, principalmente para as cutículas não ficarem estouradas, esse creme tem um cheirinho bem gostoso, gosto de passar antes de dormir, quando eu lembro. Não serve muito para a cutícula, mas as mãos também merecem né?!

*Bepantol Baby, Derma, sei lá mais qual tem (Bayer): Se tem um produto que serve para tudo é o Bepantol, quando as cutículas estão detonadas recorro à ele. Também uso depois da depilação das axilas, nas olheiras e até nas espinhas o bicho já funcionou comigo.

*Mira-cuticle (Avon): Foi o primeiro creme de cutículas que eu comprei (e para ver como eu uso bastante, ainda é o mesmo tubinho), venceu no ano passado, mas não me desfiz, não uso faz tempo, mas é sempre bom ter. Ele funciona, se você usar com frequência...

*Amolecedor de Cutículas em Gel (Farmax): Esse produto é o melhor para amolecer cutículas grandes e que estão bem grudadinhas. Uso com mais frequência nos pés. O cheiro é ótimo e remove muito bem, a parte ruim é que ele não hidrata, então como estou com pouca cutícula, ele acaba sendo forte demais.

*Cera Nutritiva Unhas e Cutículas (Granado): Esse é o produto que eu mais deveria usar, facil e carregar, não faz meleca e hidrata bem. Para passar ao longo do dia, antes de dormir. Até hoje não consegui acabar com o primeiro potinho, será que esse ano eu consigo??

*Lenços Removedores (Impala): Vai viajar? Carregue um com você...é o mais prático! Tira, meleca e hidrata!

E é assim que cuido das minhas unhas. Ainda estou longe de ter um ritual perfeito, minhas mãos são secas e nem sempre a cutícula colabora. Esse ano vou tentar ser mais rígida quanto à hidratação!

E qual é o ritual de vocês?

See Ya!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!