terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Sacolinha de Natal

Ah, dezembro sempre vem com aquela sensação gostosa de que mais um ano está terminando e outro ainda melhor está para vir! Bate uma vontade de renovar as energias e a contagem regressiva é uma delícia (principalmente para as crianças)!

Lembro que quando começava dezembro, eu começava a contagem regressiva para o Natal, claro que como criança, eu só pensava nos presentes que o Papai Noel iria me trazer. Acho que toda criança fica ansiosa e esperançosa para saber o que vai ganhar.

Infelizmente, no mundo em que vivemos, nem todas as crianças tem condições de receber um presente e pior, muitas crianças não tem condições básicas de educação, alimentação, saúde, moradia e saneamento. Claro que essa situação não atinge apenas as crianças e sim uma parcela da população.

Nessa época do ano sempre aparecem as famosas "sacolinhas de natal", que visam realizar sonhos de várias crianças, para que o Natal delas seja um pouco mais feliz, afinal, toda criança gosta de presentes! Os Correios sempre distribuem as cartinhas de crianças para quem quiser, realizar o sonho da criança. Outras empresas determinam o que deve ser dado de presente, enfim, há várias maneiras de ajudar e fazer uma criança mais feliz nesse Natal!
Este ano, meu marido pegou uma sacola de Natal na empresa em que ele trabalha. A sacolinha era para uma menina de 13 anos,  deveria conter um conjunto de roupa, um calçado e um brinquedo. Nós tínhamos o tamanho da menina e ela pediu de brinquedo uma maquiagem ou acessório, coincidencia né?! Meu marido disse que a primeira coisa que ele pensou quando viu o pedido da garota é que eu iria escolher o "brinquedo".

Fomos aos shopping e compramos os presentes. Tentamos escolher coisas neutras, pois não sabíamos como era a garota e muito menos as cores favoritas e gostos. Escolhemos uma blusinha listrada, amarela, branca e laranja (acreditem ou não, meu marido que escolheu, eu estava olhando a versão rosa), para acompanhar, um shorts jeans com aplicação de strass, além disso pegamos um kit de meias com patinhas e um kit de calcinhas. Também pegamos um cinto bege com tachinhas douradas. Na loja de sapatos, procurei uma rasteirinha básica, que combinasse com a roupa e que fosse versátil. Escolhi uma dourada com aplicação de strass.

Me diverti muito escolhendo o "brinquedo"! Procurei uma palette pequena, fofa e que fosse completa. Quando vi a palette da Jasmyne em forma de coração, sabia que seria perfeita. Para completar, escolhi um batom básico, um nude escuro do Monster High. Entrei num pequeno dilema para comprar a maquiagem, com 13 anos a maquiagem não pode ser muita, não dá pra pensar em sombra, rímel, lápis, corretivo. Lembro que o que eu mais gostava (e minha mãe deixava) era a sombra e o lápis. Fui usar rímel preto lá pelos 15 e tinha a maior dificuldade para passar! Haha! Por isso decidi por uma palette completa, essa da Jamyne (não anotei o número e modelo), vem sombra, blush e batom. Achei a combinação ideal.

Para terminar, meu marido quis dar um livro. Ele escolheu o Jogos Vorazes, segundo ele, toda criança deve ler esse livro em algum momento. Realmente é um livro muito bom até para adultos, nós dois gostamos muito. Tem um teor político muito forte e contado de uma maneira "simples", o primeiro livro prepara o terreno, o segundo dá o pretexto para o último livro, que é o mais denso dos três.
Montamos essa sacolinha com muito carinho e esperamos que ela goste dos presentes. Que esse gesto simples, torne o Natal dela mais feliz, que dê esperança e que ela não desista do seus sonhos!

Acredito que agora não dá mais tempo de pegar um cartinha ou montar sacolas, mas quem sabe no ano que vem? Vamos tornar o Natal dessas crianças em momentos felizes!

See Ya!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!