quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

De malas prontas: Londres

A primeira parada da Lua de Mel foi em Londres. Pegamos um vôo de São Paulo até Lisboa, de lá fomos até Londres. Saímos do Brasil no dia 31 de agosto e chagamos na manhã do dia 1º em Portugal. Pousamos em Londres no final da tarde.

Para chegar no hotel, pegamos o Heathrow Express, lá no aeroporto mesmo (Heathrow Airport), fomos até Paddington. Andamos por uns 10-15 minutos e chegamos no hotel. O caminho foi super tranquilo.

No dia seguinte fomos no Natural History Museum ou Darwin Museum. Fiz uma selfie bem legal com o meu amigo Darwin e passamos toda manhã no museu. Almoçamos por lá também. A entrada é gratuita, então é legal chegar cedo.
No NHM - Selfie com o Darwin e a vista do segundo andar.
De tarde fomos de metro até o Big Ben e fomos à pé até o Palácio de Bunkingham, durante o percurso passamos pela Abadia de Westminster e pelo St. James' Park. Depois continuamos andando até a Natinal Gallery. Nesse dia aproveitei para andar na Oxford St, primeiro dia de comprinhas!! Terminamos o dia num pub inglês.
Destaque para o esquilo fofo que encontrei no St James' Park!!
Na manhã seguinte pegamos o barco e fomo até Greenwich, dava para ter ficado um dia inteiro, mas só reservamos a manhã para o passeio. Pegamos o barco de volta, descemos perto do Big Ben e fomos até a Abadia, dessa vez nós entramos e fizemos a visita com o audioguia em português de Portugal.
No Prime Meridian!
Mais um dia em Londres e nós fomos até Leavesden conhecer o Studio Tour da Warner - The Making of Harry Potter! Pirei! Cresci lendo Harry Potter, assisti os filmes (continuo preferendo os livros), mas ver tudo e pertinho é emocionante. Tirei milhões de fotos, me diverti, tomei cerveja amanteigada (que por sinal é bem estranha. É amarga e doce, o amargo é por causa do gás. Não sei se tomaria de novo, mas valeu a experiência). A visita acaba na maquete do Castelo, onde eles filmaram as cenas que mostram o castelo de cima ou ao redor.
Na entrada, na ponte, tomando uma cervejinha e sendo selecionada
Nessa hora eu fiquei bem emocionada. Eu estava vendo Hogwarts... Uma sensação que eu não tenho como descrever, O ambiente alterna entre o dia e a noite, e as luzes do castelo acendem e apagam, dependendo do período do "dia". Para ajudar, a sala fica tocando a famosa música do filme, não dá, é emocionante para quem cresceu lendo e vendo os filmes,
*_*
De tarde, bem de tarde, fomos até o British Museum. O museu é bem grande, parece um Louvre menor, mas é bem completo e mais vazio! Não conseguimos ver tudo, ficamos até os funcionários expulsarem os visitantes. Dá para passar um dia inteiro tranquilamente! Lá estão váááários itens do Egito antigo, também tem a famosa Rosetta Stone.

Terminamos o dia na Carnaby St, uma walkway bem legal, cheia de lojinhas e barzinhos, lanchonetes.
Chegando ao British Museum
No último dia em Londres, passeamos na Torre de Londres, foi legalzinho, lá ficam as jóias da coroa (super legal), um museu de armas de armaduras e você pode passear pelo forte. Depois andamos na famosa Ponte de Londres e depois fomos até o Imperial War Museum. O IWM é um museu de guerra, com vários itens da I e II grande guerra e como eram a vida das família durante os períodos. A parte mais tensa, foi a exposição sobre o crescimento do nazismo e o holocausto. Era uma exposição tão pesada, que não consegui ir até o fim, não visitei a parte dos campos de concentração. Eu me senti muito mal.

Quando saímos de lá, eu ainda estava meio pesada, então fomos para o Covent Garden, onde fica o Royal Opera House. Não conseguimos assistir nenhum ballet, mas não pude perder chance de tirar uma fotinha!!
Pois é, isso foi Londres! Gostei bastante e com certeza voltaria! Assim, Londres é uma cidade grande e em vários pontos lembra São Paulo, então não fiquei deslumbrada. O transporte público é muito bom, mas a comida... não sai tão barato e não se come bem, pelo menos eu não acho que comi direito. Frequentamos muito uma lanchonete chamada Pret a Manger, é uma proposta mais natural, só que é lanche. Tem vários espalhado pela cidade não sai tão caro. Eu comia um lanche de queijo brie com tomate e manjericão.

Comprar os ingressos com atencedência ajudou muito, compramos o Oyster (tipo um Bilhete Único daqui de SP), escolhemos o semanal para as áreas 1 e  2 e quando saímos dessas regiões, compravamaos o bilhete complementar, tudo pelo cartão.

Depois de tudo isso, pegamos o Eurostar e fomos até Paris... Ah, Paris... mas os detalhes eu conto para você no próximo DMP!! ;)

See Ya!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!