terça-feira, 3 de junho de 2014

Resenha: Batom Líquido Dailus - Plié

Hoje vou falar sobre o batom líquido da Dailus que está fazendo um certo sucesso entre as blogueiras. Quando li sobre os batons, fiquei com vontade de experimentar. Outra coisa que me chamou atenção nessa coleção, é que foi inspirada no Ballet!!!


A coleção é composta por 5 cores: 02-Arabesque, 04-Attitude, 06-Sissone, 08-Ballet e 10-Plié. A título de curiosidade, ao invés de mostrar as outras cores, vou mostrar os passos e poses que cada cor representa! Lembrando que os nomes são em francês, então a pronuncia é ligeiramente diferente.
Arabesque (Fonte: http://www.arabesques.qc.ca/images/LOGO-arabesques.gif)

Attitude devant (Fonte: http://photos2.demandstudios.com/dm-resize/photos.demandstudios.com%2F49%2F199%2Ffotolia_1842277_XS.jpg?w=297&h=10000&keep_ratio=1)
Sissone (Fonte: http://classconnection.s3.amazonaws.com/794/flashcards/1866794/jpg/vag39_siasonne-fermee1351478681918.jpg)
Plié (Fonte:http://www.citraining.com/images/Knee-Rotation-FIG1.jpg)
Voltando ao batom!

Segundo o site da Dailus, o Batom Líquido é um:

"Produto inovador! Fórmula que proporciona alta cobertura com efeito matte. Cores fortes que definem os lábios. Secagem rápida."

Encontrei com o batom em uma Sumirê e garanti o Plié.

Batom Líquido Dailus Pro, 10-Plié
Tenho usado o batom há alguns dias e agora posso contar minha experiência com ele.

O tom nude é levemente alaranjado, mas às vezes ele parece ser um rosa claro, não consegui encontrar uma foto que seja fiel ao tom, por isso tirei diversas fotos.

Ao passar o batom, ele fica bem pegajoso e achei complicado deixar a cor uniforme. Ele demora um pouco para ficar mate, mas acaba ficando.

Logo após a aplicação, sem flash.
Logo após a aplicação, com flah

O que eu não gostei do batom, é que ele fica descamando e todo rachado. De longe, o efeito fica bem legal e mate, mas ao olhar de perto, ele fica estranho. Hoje tirei várias fotos, com o celular, ao longo da manhã, para mostrar como o batom de comportou. O tom não está fiel, mas dá para ter uma boa ideia.
Batom quase seco, a aparência é de um batom mate, mas ainda estava pegajoso.
 O visual do batom é muito bonito, adorei o tom e eu tenho um batom parecido (depois faço uma comparação para ter certeza), o Cora da Quem Disse, Berenice?. Na loja eu tinha duas opções, o attitude (rosa) e o Plié, optei por ele porque eu queria um nude mate para o dia-a-dia.

Batom seco, ainda não tinha rachado, mas ao sorrir dá pra ver o início das rachaduras e descamação.
 Ao olhar o batom de perto, ele deixa a boca com aparência feia, de batom velho, sei que batons mate deixam os lábios com esse efeito, mas achei que o Plié deixa pior. Além disso, não dá pra espalhar o batom friccionando os lábios, fica ainda pior.

Após o almoço, não esfreguei o guardanapo, apenas pressionei. Agora dá pra ver as rachaduras.
A duração é relativamente boa, mas com o passar das horas, ele fica com a aparência feia. Fiquei desapontada com o produto por isso. Chegando em casa, retirei o batom e repassei, dessa vez usei mais produto, para ver se esse tinha sido o problema.
Batom seco com maior quantidade de produto.
Ao aplicar mais produto, foi mais fácil deixar os lábios homogêneos, entretanto, ele ficou mais pegajoso e não consegui sentir meus lábios secos. No espelho, ele estava mate, mas a sensação não era essa.
E foi ai que as coisas pioraram, o batom secou, rachou e manchou os dentes. Eu dei um sorriso no espelho para ver as rachaduras e quando olhei para os dentes, fiquei chocada. Pedaços do batom estavam grudados nos meus dentes. Não era manchinha, eram pedacinho, pareciam pelinhas de boca ressecada.
Foto no melhor estilo "documentação odontológica" para mostrar os pedaços do batom que se prenderam nos dentes.
Estou tentando usar esse batom desde a semana passada e não me entendi com ele. Já usei com o Lip Butter por baixo para ver se era falta de hidratação, já usei sem nada, já apliquei mais produto, menos produto e não sei como aplicar.
É um bom batom para usar durante 10 minutos, então sair para comer com ele é uma boa, pois quando ele começa a ficar feio, o guardanapo resolverá eventuais problemas!! Não sei se foi o problema do tom, ou se eu não me adaptei ao batom líquido. Como primeira experiência, eu não curti muito. E eu tinha gostado tanto do ballet, que é um tom rosa bem forte, quase um vermelho, agora já estou pensando em não comprar e continuar com os batons tradicionais.
E como foi a experiência de vocês com batons líquidos? Que marcas vocês gostam?

UPDATE 31/03/2015:
É o seguinte, eu aprendi a passar o batom e agora somos melhores amigos! Quando fiz a resenha do Basque, contei como consegui aplicar, dá uma olhadinha lá!
O batom, quando bem aplicado, fica lindo e sequinho nos lábios, finalmente uma foto digna da beleza do batom!!

É, a prática leva à perfeição (ou quase)!

See Ya!

2 comentários:

  1. Eu tenho dois batons líquidos da Dailus, o balancé e o atitude. Com o atitude, apesar de gostar muito da cor, tive uma impressão semelhante a sua. Já o Balancé se saiu muito melhor! Em uma camada só a cor ficou plenamente homogênea e a boca parecia até aveludada! E a duração também foi boa, exceto se você beber algo.
    Não sei o porquê dessa diferença... Talvez seja lote ou algo assim :S

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana,
      Seu comentário me fez pensar que tons mais fortes, como o do Balancé, ficam melhores no formato líquido. Fiquei bastante tentada em comprar outro para fazer o teste. Por sinal, não tinha visto os novos batons da linha, o Balancé parece lindo e também achei interessante o Jetés e o Sapatilha!! Quem sabe não dou uma nova chance para a linha!

      Excluir

Marque suas fotos com #PerspectivaLaranja e apareça por aqui!